Arquivo | março, 2011

Restaurante natural pra cachorro

28 mar

Depois de uma temporada vivendo na França, o Pastor Alemão Eko e o Jack Russel Chico não se adaptaram à ração oferecida quando vieram para o Brasil. Acostumados com a alimentação natural ingerida na Europa os cães passaram um bom tempo com falta de apetite quando chegaram ao Rio de Janeiro. A solução encontrada pela empresária Roberta Camara e de seu marido Jorgen Dehlbom foi desenvolver receitas caseiras para a dupla e também para a cadelinha Pluma.

Roberta Camara e Jorgen Dehlbom se inspiraram nas receitas caseiras oferecidas aos seus cães para lançar uma marca de alimentos naturais para pets - Divulgação/ Pet Delícia
Roberta Camara e Jorgen Dehlbom se inspiraram nas receitas caseiras oferecidas aos seus cães para lançar uma marca de alimentos naturais para pets
Crédito: Divulgação/ Pet Delícia

Após a consulta com diversos especialistas em nutrição o casal conseguiu chegar a um cardápio saudável e balanceado para seus três bichinhos. Imaginando que outros donos de pets também poderiam estar passando pelo mesmo problema, o casal resolveu então expandir a ideia e lançar a primeira linha de alimentos naturais para pets do Brasil, a Pet Delícia.

“A alimentação natural é adotada há muito tempo fora do Brasil. Ela é tão famosa quanto a alimentação convencional. Com o lançamento da Pet Delícia buscamos introduzir um novo conceito de alimentação para os donos que ainda não a conheciam”, explica Roberta.

Prestes a completar um ano a marca disponibiliza seus produtos por meio de um simpático restaurante canino, na Zona Sul do Rio de Janeiro, mas segundo Roberta, em breve, os produtos chegarão também a São Paulo, Minas Gerais e Brasília. Os pratos são servidos para degustação no restaurante em porções que custam 6,59 reais. Já a embalagem congelada contendo 900g custa de 16,50 a 25 reais.

Serviço

Pet Delícia
Local: Rua Anita Garibaldi, 60 A – Copacabana – Rio de Janeiro
Tel: (21) 2236-4493(21) 2236-4493
Site: http://www.petdelicia.com.br

Fonte: http://petmag.uol.com.br/

Anúncios

Mimapet lança Outlet de Rações e Petiscos

25 mar



Sabendo das milhares de taxas no começo do ano: IPTU, IPVA, DPVA, Seguro, Inspeção Veicular, Licenciamento, Matrícula das crianças, material escolar… e todas as siglas infinitas, nossa quanta coisa!!!

Nós da MIMAPET estamos lançando um Outlet de rações para você e seu parceiro de todas as horas não se preocupar com o prato de todo dia. Estamos com preço abaixo da tabela para te ajudar ainda mais!!!

Afinal, nos preocupamos com o melhor amigo do homem,  mas precisamos nos preocupar com a pessoa que ele mais ama também!!!

Mas corra! Pois a cachorrada já farejou o nosso Outlet!!!

Abraços e Lambidas!!!

Ontem foi o DIA MUNDIAL DA ÁGUA

23 mar

Essa foi a primeira vez na história da humanidade que a maioria da população mundial vive em cidades: 3,3 bilhões de pessoas. E a paisagem urbana continua a crescer. 38% do crescimento é representado pela expansão das favelas, enquanto a população das cidades aumentam mais rápido do que infra-estrutura pode se adaptar.

Pensando nisso ontem foi comemorado o Dia Mundial da Água 2011, feito para chamar a atenção do mundo para o impacto do rápido crescimento urbano, industrialização e as incertezas provocadas pelas mudanças climáticas, os conflitos e as catástrofes naturais em sistemas urbanos de água. O tema deste ano é água para as cidades: responder ao desafio urbano, incentivar os governos, organizações, comunidades e indivíduos a participarem ativamente na resolução do desafio da gestão das águas urbanas.

O Dia Mundial da Água é realizado anualmente em 22 de Março, como forma de concentrar a atenção sobre a importância da água doce e defender o manejo sustentável desta. A cada ano, no Dia Mundial da Água, é destacado um aspecto específico da água doce.

Pensando nisso nós da Mimapet deixamos algumas dicas para reduzirmos o gasto do bem mais precioso que temos: ÁGUA…

1.0 Quando for lavar o quintal, use baldes ao invéz de mangueira (assim você economiza até 250 litros de água), ou se preferir pode usar também a água de enxague que sai da máquina de lavar

2.0 Quando for dar banho nos pets, molhe eles, feche o chuveiro, ensaboe e depois abra para enxaguar. Não fique com o chuveiro aberto. O consumo cairá de 180 para 48 litros.

3.0 Regar jardins e plantas: No inverno, a rega pode ser feita dia sim, dia não, pela manhã ou à noite. Use mangueira com esguicho-revólver ou regador. Você econimiza 186 litros.

4.0 Quando for limpar o aquário, aproveite a água para regar as plantas. Esta água está enriquecida com nitrogênio e fósforo, o que faz muito bem para as plantas.

5.0 Alguns dos nossos bebedouros que tem sistema de circulação de água (fonte),  garantindo água fresca, limpa e renovada o tempo todo, ou seja, não será necessário trocar a água do seu pet 2x ao dia!


Fontes: http://www.rededasaguas.org.br/acesso/itu/dez.htm

http://semeiajahu.blogspot.com/2011/01/dia-mundial-da-agua-2011.html

http://360graus.terra.com.br/ecologia/default.asp?did=12546&action=dica

Mimapet sai no blog CBNA! – Colégio Brasileiro de Nutrição Animal

22 mar

Mima Pet oferece produto que deixa o cão sequinho até na chuva

Passear diariamente com o cão é fundamental para o bom desenvolvimento do seu animalzinho. Em um único passeio eles têm a oportunidade de se exercitar, desenvolvem seus instintos naturais – como farejar e marcar território- e ainda pode socializar com outras pessoas e animais. Desta forma é possível ter cães mais calmos e felizes.

Mas e quando chove? Muitas pessoas deixam de sair e mantém seus pets trancados em casa durante todo o dia chuvoso, afinal, sair na chuva pode deixar seu cão doente, molhado, desconfortáveis, além de deixá-los com um cheirinho nada agradável de cachorro molhado que muitas vezes impregna na casa dando um trabalhão pra sair. Para evitar tanto transtorno e ainda passear a vontade o ideal é proteger o pet do mal tempo.

Na Pet Boutique Virtual Mima Pet, os donos podem encontrar diversos produtos para o bem estar animal, entre eles uma linda Capa de Chuva desenvolvida especialmente para os cães. Confeccionada em tecido totalmente impermeável, possui capuz, ajuste para a cintura e pescoço, além de passante para guia, o que dá segurança e comodidade á pet e dono.
Encontrada em cinco tamanhos diferentes, do PP ao GG, a capa de chuva custa de R$ 90,00 à R$ 110,00.

 

 

Saiba mais da CBNA no site: http://www.guiapetecia.com.br


Veja animais que trazem o coração “estampado” no corpo

21 mar


Gata Bette Davis, um dos exemplos, encantou os funcionários do abrigo em que vive.
Bette Davis, uma gata abandonada, virou destaque do jornal inglês Daily Mail (na versão online) por um detalhe muito especial: ela tem uma mancha em forma de coração no pêlo.

Marquinhas como a dela não são muito comuns, no entanto, Bette não é a única.

O site gringo Petsugar fez uma galeria inspirada com outros animais “premiados” com uma mancha na mesma forma.

Mas, apesar do sucesso, a gata especial foi abandonada.
Segundo a publicação britânica, os funcionários de um abrigo se encantaram com a marquinha romântica da felina e resolveram adotá-la.

Katie Barkell, responsável por cuidar da gatinha, contou ao jornal inglês que várias pessoas estão curiosas para conhecer a mascote. No entanto, ninguém ainda resolveu levá-la para casa.
– Estamos desesperados em busca de uma família que possa cuidar dela.

Portal: entretenimento.R7.com

Sexta Animada – Quem disse que gato fica quietinho?

18 mar

Você sabe como agir com um cão guia?

16 mar

Boa noite pessoal!

Hoje recebemos um email muito interessante sobre cão-guia. Muita gente tem um conceito errado sobre ele. Esse email mostra como devemos agir de fato com esses super amigões. É bem bacana! Esperamos que gostem e se utilizem dessas dicas quando se depararem com um cão-guia! Clique no link e abaixo e veja as dicas!

Como agir com um cão-guia

Aprenda a identificar quando seu pet está com dor

15 mar

Os animais, assim como o homem, sentem medo, tristeza, solidão e dor. Mas identificar o que está acontecendo com seu cão ou gato, por exemplo, pode ser mais difícil do que parece. “Reconhecer a dor em um animal pode ser algo complexo. Envolve perceber sinais evidentes e sutis, dissimulados. O proprietário tem de conhecer muito bem seu animal, o comportamento natural de sua espécie e seu comportamento individual, para assim reconhecer mudanças em seu comportamento que podem sugerir que o animal está sentindo dor”, explica José Roberto July, médico veterinário da Julyvet Clínica Veterinária.

Embora não possa verbalizar o que está sentindo, o animal apresenta algumas alterações em seu comportamento. Cachorros calmos e comportados podem ficar agressivos, enquanto cães considerados bravos podem ficar apáticos. Já os gatos costumam se isolar. “Cada animal demonstra mudanças comportamentais distintas. Podem ser mudanças na ingestão de alimentos, na freqüência ou modo como faz suas necessidades, na sociabilidade. Após avaliar o animal, determinar se este está com dor e qual é a severidade dela, é possível informar o veterinário corretamente sobre o caso para que ele possa estabelecer o melhor manejo”, destaca July.

A automutilação também é um sintoma muito comum no animal com dor, e geralmente vem acompanhada de diminuição do apetite, depressão e apatia. As mudanças dependem e variam de acordo com o nível da dor, da tolerância do animal, das condições em que a dor ocorre, entre outros fatores.

Mudanças em Cães

– Comportamento e aparência:
Movimentos tensos; relutância em se mover; ficar deitado ou adotando uma postura incomum; morder, coçar ou proteger certas áreas do corpo; perda de apetite; tremores; respiração ofegante.

– Estado de Alerta:
Aparenta menos alerta (mais comum em casos de dor severa); inquietude ou aparentemente mais alerta (mais comum em casos de dor menos severa).

– Resposta às pessoas:
Agressividade anormal ou apreensão quando manipulados; mudança na forma como o cão reage ao dono, como não abanar a cauda.

– Vocalização
Mais quieto que o normal; ganindo ou uivando, especialmente quando sozinho; rosnando sem provocação.

Mudanças em Gatos
– Aparência:
Expressão facial apreensiva; testa franzida; deixa de se limpar.

– Comportamento:
Choramingando, rosnando, silvando quando se aproximam ou mexem nele; se escondendo ou se separando dos demais gatos; quieto demais; se lambe incessantemente; falta de apetite.

– Postura ou Movimento:
Mancar ou manter um membro erguido sem tentar utilizá-lo; posição tensa e anormal, variando com o local da dor: Dor na cabeça ou orelhas pode fazer o gato virar a cabeça para o lado afetado. Dor generalizada no tórax ou abdômen pode fazer o gato ficar encolhido ou curvado. Se a dor for torácica, o gato pode estender sua cabeça, pescoço e corpo. Um gato com dor abdominal ou nas costas pode se manter em pé, deitar de lado ou caminhar com um andar alterado.

Fonte: http://colunas.epocasp.globo.com/farejadorbichos/

Gatos ficam doentes se lhes alterarem a rotina

11 mar

Conclusão é do estudo da Universidade de Ohio, nos EUA
Como animais de hábitos que são, os gatos podem ficar doentes quando há uma mudança nos seus hábitos, conclui um estudo da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, divulgado pelo Discovery News. A mesma investigação demonstrou que os gatos que sofrem de cistite interticial (uma inflamação dolorosa da bexiga) podem melhorar bastante a partir do momento em que os donos estabelecem uma rotina.

Investigadores daquela universidade americana descobriram que tanto os gatos saudáveis como aqueles que padecem de doenças crónicas têm sintomas de doença, como vomitar, tossir ou cuspir bolas de pêlo, ou mesmo defecar fora do local habitual, quando as suas rotinas diárias são interrompidas, pode ler-se no estudo publicado no Journal of the American Veterinary Medical Association.

Durante a investigação, os cientistas verificaram que tanto os gatos saudáveis como os doentes apresentam três vezes mais de sintomas deste género na sequência de mudanças nos hábitos, como alteração nos horários em que são alimentados ou o facto de ficarem privados do seu tempo de brincadeira.

“Para os médicos veterinários, quando um gato deixa de comer ou de utilizar a caixa de areia ou cospe bolas de pêlos, há que ter também em conta o ambiente em que ele está a viver”, sublinha Tony Buffington, o coordenador deste estudo.

Fonte: Jornal de Notícias

Oração Canina

10 mar

Bom dia a todos os amantes de animaizinhos de estimação!

Depois de um feriado prolongado, nada como voltar ao trabalho e descobrir que a semana é bastante longa!

Achamos esta oração na net para os cãezinhos! Muito bacana!

Oração Canina

Pai nosso que estais no céu
Aumentai nossos passeios
Diminua as doenças para não precisar de injeção
Perdoai as coisas que estragamos em casa
Assim como nós perdoamos quando nossos donos nos dão bronca
Livrai-nos de todas as pulgas e coceiras
Não nos deixeis cair na carrocinha
AuAu!

Boa semana!