Arquivo | abril, 2011

Mercadinho Chic!

29 abr

Pessoal, faltam só 3 dias para o nosso Mercadinho Chic!

Tenham um ótimo final de semana!!!!
Lambidas e até a próxima!!!!

Anúncios

Atendendo a latidos e miados, estamos renovando nosso site! Aguardem!!!

28 abr

Amigos!

Falta pouco agora para o lançamento de nosso site repaginado!!! Atendendo a pedidos, resolvemos mudar!!!

Muitas coisas novas, lançamentos, programa de fidelidade e muito mais! Acompanhe o Empório Mima Pet nas redes sociais e fique sabendo quando estaremos de cara nova!!!

E não se esqueçam que este domingo estaremos no Mercadinho Chic, no dia 1° de maio! Para quem não conhece, o Mercadinho Chic é uma mini feira permanente de moda e design com marcas que se renovam a cada edição. Ela fica localizada no coração do Jardins, na rua Oscar Freire, 720, junto com as melhores marcas de São Paulo. Para conhecer mais um pouquinho o conceito do Mercadinho, acesse o site: www.mercadinhochic.com.br
Este mês a programação da feira é dedicada ao Dia das Mães!
Contamos com a presença de todos vocês! Estaremos lá com novidades, coleção outono-inverno, entre outros! Estaremos localizados no Box 13.

Nos enviem dúvidas, sugestões ou comentários!!
Nos vemos lá!!!! Boa semana!!!!

Lambidas e até a próxima!

Rações e Petiscos a Preço de Custo!!!

26 abr

Presentes da Páscoa

25 abr

Oi pets!!!

Pensamos em postar reportagens sobre Pós-Páscoa, mas aí paramos para pensar e queremos saber de vocês, como foi a Páscoa de vocês!!!! Ganharam muitos ovos?? E carinhos? Lambidas? Rezaram pela Ressurreição de Cristo?

Queremos saber um pouquinho de como seus donos lhe presentearam nessa Páscoa! Conte-nos através das redes sociais ou pelo nosso blog!!! Aguardamos novidades!!!

Lambidas e até a próxima!

Sexta animada! – Imprevisíveis

22 abr

Bom dia leitores!

Com uma sexta-feira dessas, emenda de feriado, calor e sol, nada como um belo passeio pelo parque! Ou mesmo na praia para quem foi viajar!
E para não perder o costume, toda sexta-feira enviamos um videozinho para dar muitas risadas! Esses nossos pets são demais mesmo!

Muita diversão e comilança neste final de semana a todos!  Aos religiosos, não se esqueçam que hoje é Sexta-feira Santa! E não se pode comer carne!!

Lambidas e até a próxima!

Ei, amiguinhos vocês sabiam que animais riem?

20 abr

Se você pensou nas das hienas, a resposta é não. O som emitido por estes animais selvagens, embora parecido uma uma gargalhada humana, ocorre em momentos de tensão, e não de alegria.

Mas estudos indicam que animais mais próximos dos humanos, como macacos, cães e até mesmo ratos são capazes de mostrar os dentes e emitir sons correspondentes à risada para expressar contentamento. Cientistas chamam esse som de vocalização, e ele foi observado em ratos pelo neurocientista nascido na Estônia Jaak Panksepp. Um estudo publicado por ele na revista Science indicaria que o riso é um fenômeno anterior à existência humana, pois já ocorreria entre os macacos.

A brasileira Silvia Helena Cardoso, que estuda a neurociência do comportamento, explica que o riso tem uma função. “É um sinal criado para dizer ‘eu sou pacifico, pode se aproximar’. É um comportamento para os seres conviverem adequadamente”, diz ela, que também estudou o riso nos ratos.

“Observei ratos em ambientes de estresse, em situações de medo e raiva. Quando os animais deixavam esse ambiente, ficavam totalmente diferentes e emitiam uma vocalização quando brincavam. É um som diferente de quando eles estão estressados. Cientistas sugerem que essa vocalizacao seja o riso”, explica.

Muitos donos de cães têm certeza de que seus bichinhos sorriem para eles. De acordo com Silvia, a expressão é mesmo um riso, mas não genuíno. “Os cães aprendem a mostrar os dentes imitando o dono”, diz ela.

Agora que você já sabe disso que tal nesse feriadão estimular o riso de seus animaizinhos?

Animais felizes, donos felizes.

Mande vídeos para nós com os seus cachorrinhos ou gatinhos rindo!!!

Vamos provar que animais também riem!!!!

Bom Feriado, muitas lambidas e até a próxima.

São Paulo pode ganhar a 1ª Delegacia especial para Proteção Animal

18 abr

Pets!!

Estava lendo uma reportagem no farejador cães e achei uma reportagem muito legal!

Até que enfim São Paulo pode ganhar uma delegacia para Animais!!! Já existem em Campinas!

Peçam para seus pais darem uma lida e se inscrever no link abaixo!!!

Lambidas e até a próxima!!!

Mais de 100.000 membros já aderiram à campanha que circula na internet em prol da criação da primeira delegacia especial para proteção animal. A cada dia a empreitada ganha mais aliados como os deputados estaduais Fernando Capez e Ricardo Trípoli, que desde 2010 engrossam o coro para a criação da Delegacia de Proteção aos Animais, no âmbito do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania – DPPC da Polícia Civil do Estado.

A proposta considera crueldade aos animais qualquer ação ou omissão que implique abuso, ferimento ou mutilação de animais, sejam silvestres ou domésticos. São consideradas práticas de maus-tratos as que privam o animal de liberdade de movimentos, de higiene, de descanso, de ventilação e de luz. O abandono, que tem sido muito comum por parte de pessoas que se mudam ou que simplesmente se cansam dos animais, como se eles fossem coisas, também está previsto no projeto como prática cruel.

Para proporcionar a efetiva proteção aos animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, Capez protocolou petição na Procuradoria-Geral de Justiça para solicitar o encaminhamento à Assembleia Legislativa de projeto de lei para criar a 1.ª Promotoria de Defesa Animal no Estado de São Paulo, nos moldes que já vem sendo requerido em outros Estados, atendendo, assim, aos reclamos de uma parcela significativa da população, cuja campanha “Direitos dos Animais, uma questão de JUSTIÇA” culminou com o apoio de mais de 200 organizações sociais de defesa animal e de pelo menos 16 mil signatários.

Capez justifica que a enorme e complexa gama de atribuições das Promotorias de Meio Ambiente acaba restringindo a efetiva proteção dos animais. Segundo ele, “há grande impunidade dos autores de atos de crueldade, pela ausência de uma estrutura material que dote as Promotorias de Justiça de instrumentos aptos a salvaguardar os animais, com amplas atribuições para obter um provimento rápido e eficaz”.

Criação da Delegacia de Defesa Animal

Para dar continuidade à sua proposta no sentido de eliminar o quanto antes a prática de maus-tratos e abuso contra animais, Capez apresentou a Indicação n. 684/2010 ao Governador do Estado, a fim de solicitar a criação da Delegacia de Proteção aos Animais, no âmbito do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania – vinculado à Polícia Civil do Estado.

As denúncias poderão ser apresentadas ao órgão competente, mediante descrição do ato de crueldade, sendo garantido o sigilo ao denunciante. As penalidades ao infrator, que pode ser pessoa física ou empresas públicas e privadas, vão desde advertência à apreensão do animal, passando por multa de 1.000 Ufesps a 3.000 mil Ufesps, em caso de reincidência. O projeto, se transformado em lei, complementará a Lei Estadual n. 11.977/2005 (Código Estadual de Proteção aos Animais).

Para o Deputado, essa triste e lamentável constatação nos remete a barbáries dos séculos 18 e 19. Ele ressalta que a crueldade aos animais é uma prática vedada constitucionalmente e se constitui em crime ambiental. Por isso, a criação de uma Delegacia de Polícia especializada na proteção de animais propiciará melhores condições para a persecução penal.

“Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”, afirmou Capez.

Faça Parte: www.causes.com/causes/501754-1-delegacia-especial-para-prote-o-animal-em-s-o-paulo

Fique Atento : www.fernandocapez.com.br / www.tripoli.com.br

Fonte: Revista época

Lambidas e até a próxima!!!

Mercadinho Chic!

13 abr

Bom dia a todos!

Hoje temos uma super novidade para vocês! Estaremos no Mercadinho Chic no dia 1° de maio! Para quem não conhece, o Mercadinho Chic é uma mini feira permanente de moda e design com marcas que se renovam a cada edição. Ela fica localizada no coração do Jardins, na rua Oscar Freire, 720, junto com as melhores marcas de São Paulo. Para conhecer mais um pouquinho o conceito do Mercadinho, acesse o site: www.mercadinhochic.com.br

Este mês a programação da feira é dedicada ao Dia das Mães!

Neste mês das mães é momento de refletir sobre a criação…

 

“Imaginar é o princípio da criação.

Nós imaginamos o que desejamos, queremos o que imaginamos e

finalmente, criamos aquilo o que queremos.”

(Bernard Shaw)

Contamos com a presença de todos vocês! Estaremos lá com novidades, coleção outono-inverno, entre outros! Estaremos localizados no Box 13.

Nos enviem dúvidas, sugestões ou comentários!!
Nos vemos lá!!!! Boa semana!!!!

 

A importância da casinha de cachorro

11 abr

A maioria dos donos de cães tem consciência de que o cão deve ter uma casa. Mas, muitas vezes, as pessoas não se dão conta de que a necessidade de um peludo em ter seu “cantinho” envolve mais do que ter um verdadeiro “lar”, como na concepção humana.

Eles realmente gostam?

Cachorros são animais de toca, ou seja, quase sempre vão procurar uma “caverninha” para se abrigar do frio, chuva, ou quando estiverem com medo ou sentindo dor.

Basta observar um cão que não tenha uma casa específica para ele: quando se deparar com situações como as narradas acima, procurará abrigo embaixo de algum móvel, como um sofá ou mesa.

É reconfortante para o cachorro, mesmo que não fique em sua casinha grande parte do tempo, saber que tem um abrigo disponível para situações específicas, ou quando simplesmente quiser ficar sozinho roendo um osso gostoso sem ser incomodado…

Como acostumá-los?

Mesmo cães que não tenham o hábito de usar casinhas, eles podem ser acostumados a usá-las e achar isso muito legal!

Primeiramente, o ideal é verificar qual o tamanho ideal de casa para cada cachorro. Muitas pessoas acreditam que uma casa bem grande é melhor para o peludo, o que não é verdade! Quanto mais estreita melhor, pois assim se sentem mais protegidos. O tamanho ideal de uma casinha mede-se assim: o animal deve conseguir ficar de pé sobre as quatro patas e dar uma volta sobre o próprio corpo.

Definido o tamanho, valem algumas dicas para deixar o cantinho bem aconchegante. Cães gostam de se deitar em lugares macios e fofos, pois têm grande sensibilidade com texturas. Assim, colocar panos macios na casinha permitirá que o local fique bastante convidativo.

Além disso, se o dono deixa seu cheiro nestes panos, o local ficará ainda mais interessante. Para tanto, basta esfregar as mãos nos paninhos para deixá-los impregnados com o cheiro daqueles que os cães adoram: você!

Onde deixar a casinha?

Para cachorros que ficam nas áreas externas, o ideal é que a casinha fique próxima do local por onde as pessoas da casa entram e saem rotineiramente. Isso é importante pois, como animais sociais, os cães preferem sempre estar perto da família humana, ou tê-los à vista.

É importante também deixar a casinha ao abrigo da chuva e ventos (colocar um suporte embaixo evita que fiquem úmidas), bem como protegidas do sol forte.

Para cães que ficam dentro dos lares, ainda assim a casinha é importante, pois será seu cantinho confortável. O ideal é deixá-la em locais onde podem estar protegidos, mas perto dos donos.

Caixas de transporte

Uma boa dica para donos de cães é transformar a caixa de transporte na casa rotineira do cão. Para isso, basta deixá-la sem a porta no dia a dia e seguir todas as dicas acima.

Desta forma, quando for necessário viajar com o amigo e utilizar a caixa de transporte, a experiência não será traumatizante como poderia ocorrer caso o cão não fosse habituado com este acessório, pois ele já adora a caixa de transporte, e a considera a sua casa.

Fonte:http://noticias.r7.com/blogs/dr-pet/2011/04/04/a-importancia-da-casinha-de-cachorro/

Cachorros mais velhos, fazendo xixi no lugar errado???

8 abr

Durante essa semana, recebemos um e-mail de uma cliente que está tendo problemas com seu animalzinho, ele não estava fazendo xixi e cocô no lugar certo. Sabemos que não é uma tarefa fácil mais ainda quando não é mais um filhote! Então estamos passando a dica para vocês também!!!

Alguns conselhos sobre como lidar com esta situação, segundo a adestradora Maíce Costa Carvalho:

Este treinamento será trabalhoso. Isto porque sua cachorrinha já elegeu lugares onde faz xixi e cocô, e provavelmente você não concordou com os locais que ela escolheu; e ela já tem controle urinário. Para resolver este problema você pode comprar um repelente de cães (interno se for dentro de casa, ou externo se for no quintal) e passar no local onde ela costuma fazer o xixi e o cocô. Este repelente tem um cheiro ruim, o que fará com que ele não chegue perto deste local.

O mais fácil, e eficiente, nestes casos é ensinar o seu cão a começar a fazer xixi e cocô na rua. Neste caso, você terá que sair com o seu pet na rua várias vezes por dia no começo, podendo diminuir o número de vezes diárias conforme os dias forem passando. O mais indicado para o começo do treinamento é sair logo que ele acordar, depois das refeições, depois de beber água, e antes de dormir. Tome também o cuidado de não deixar ração à disposição dela o dia inteiro, pois isso pode fazer com que o funcionamento do intestino fique muito desregulado.

Saia com seu cachorrinho na rua até que ele comece a fazer xixi. Então faça muita festa, e dê um biscoito enquanto estiver fazendo o xixi. Isto fará com que ele saiba que fazer xixi na rua é bom!  Deixa você feliz, ao contrário de quando ele faz no seu tapete.

Se você respeitar os horários indicados para sair com seu cachorro na rua, é provável que ele faça cocô também.  Neste caso também faça muitos elogios e dê um petisco enquanto estiver fazendo cocô. Depois recolha o cocô, com um saquinho e jogue-o na lata de lixo mais próxima.  Lembre-se: calçada não é banheiro de cachorro! Nada mais chato do que pisar em cocô de cachorro na rua!

É importante salientar que seu cãozinho pode levar algum tempo entre a vontade de fazer xixi, e a de fazer cocô, portanto não tenha pressa!  Comece este treinamento quando você tiver bastante tempo para dedicar a seu cão. Conforme os dias forem passando, já irá associar a saída para a rua, ao xixi e ao cocô, e este tempo ficará cada vez menor.

Este treinamento deve ser feitos com a maior freqüência possível. Fazer uma ou duas vezes e desistir é o mesmo que não fazer nada. Vai exigir de você também, pelo menos inicialmente, uma vigilância constante. Por esta razão, quando você não puder ficar de olho no seu animalzinho, deixe-o restrito a uma área da sua casa (ou apartamento)  que englobe o banheiro dele. Em apartamentos, o melhor é deixá-la restrito à área de serviço e, se for preciso, forre toda a área com bastante jornal ou tapete higiênicos. Com o tempo, vá colocando jornal ou tapete higiênicos numa área cada vez menor.  Outra opção que tem se mostrado muito eficiente é o uso de fraldas higiênicas no período em que você ficar fora de casa.

Alguns filhotes fazem xixi quando os donos chegam em casa, por ficarem muito excitados. O melhor nestes casos é ignorar o filhote até que ele se acalme, então dê atenção a ele;

Cães muito submissos fazem xixi ao se sentirem intimidados pelos donos, ou mesmo por estranhos.  O melhor neste caso é tratar do filhote com muita delicadeza, para que ele não se sinta intimidado. Brigar com ele só piora as coisas;

Bom, esperamos que você consiga refletir um pouco sobre isso! Nos conte depois o resultado!! Queremos saber!!!

Alguns dos nossos produtos que possam te ajudar nessa tarefa!


Lambidas e até a próxima!