Cuide bem do pelo do seu gatinho!

2 set

Bom dia amigos!

Véspera de final de semana! Eba ! Adoramos!

Hoje vamos dar dicas sobre como manter o pelo do seu gato sempre muito bem cuidado.  Os gatinhos costumam cuidar de si mesmos muito bem, sempre lambendo o pêlo para mantê-lo limpo e no lugar certo.Mas qualquer gato pode passar de fofinho a sujinho sem a ajuda dos amigos humanos.

Todos sabem que quanto mais pelo houver para cuidar, mais  trabalhoso será. Quanto mais fofo for o pelo do gato, maior a  probabilidade de ele embaraçar. Esses emaranhados espessos de pelo  podem ser doloridos e até ferir a pele do gato se o nó for muito grande.  O pelo embaraçado é constrangedor para o gato também, porque a  única maneira de se livrar do problema é raspá-lo. Nada parece mais  desconfortável do que um gato raspado.

Não que gatos de pelo curto não precisem de cuidados regulares, nem  que nunca embaraçam. A questão é que o mais curto e mais grosso  requer menos manutenção do que o longo e sedoso. Um gato de pelo  curto atento à própria rotina de cuidados com a aparência pode  compensar um dono que seja um pouco preguiçoso quando o assunto é  escova e pente. Mas os cuidados regulares com a aparência ainda são  essenciais tanto para os de pelo longo quanto os curtos. Toda vez que o bichano está ocupado com a rotina de banho contorcionista, ele engole pelos. Quanto mais pelo ele tem (e quanto mais o animal cuida de si mesmo), mais pelo ele engole. O animal não faz digestão dos pelos e eles podem acumular-se no estômago e nos intestinos do gato e formar bolas de pelos. Seu efeito colateral menos perigoso, mas mesmo assim desagradável, é o gato expeli-los ao tossir. Uma observação mais séria, contudo, é que a grande quantidade de pelo engolido pode, na verdade, obstruir o intestino do gato, sendo necessária uma operação para salvar a vida dele. A questão principal é investir alguns reais em uma escova e pente – e usá-los.

Visto que gatos de pelo longo precisam de cuidados regulares (sendo a melhor opção os cuidados diários), talvez seja melhor analisar o seu orçamento. Mesmo se você tiver condições financeiras para levar o gato de pêlos longos toda semana ao profissional especializado, ainda precisará das ferramentas necessárias em casa e é bom saber como usá-las. Nunca se sabe quando o gato poderá se envolver com alguma coisa que acabará presa ao pelo ou quando ele precisará de um retoque entre as visitas ao profissional especializado.

As principais vantagens desse profissional são o treinamento, a aptidão e a experiência. Um bom profissional pode fazer o pelo do seu gato parecer vistoso com rapidez e eficiência – e trauma mínimo. Pelos embaraçados e nós podem ser resolvidos em casa, mas se você nunca lidou com isso antes, corre o risco de ferir o gatorios. Provavelmente, é melhor deixar esses problemas com o pelo para os profissionais.

Mesmo quem aprende a usar uma escova macia e um pente de metal com destreza e habilidade procura um profissional especializado de vez em quando. Pode ser um nó ou emaranhado, durante um período de queda particularmente intensa de pelos ou apenas o tratamento todo para que o bichano fique com boa aparência.

Dicas para você cuidar do seu gatinho em casa

Todo dono de gato precisa de alguns itens para cuidar da aparência do animal. Um pente de metal é a ferramenta mais essencial para cuidar do pelo dos gatos. Pentes resistentes de aço inoxidável com dentes largos e redondos são fáceis de encontrar e têm preço razoável. Uma escova adequada tem cerdas semelhantes a dezenas de minúsculos pregos dobrados. Elas se parecem com as asperezas na língua do gato e têm o mesmo objetivo no cuidado com o pelo. A maioria dos gatos gosta da sensação da escova e do pente de metal – a menos, é claro, que haja pelos embaraçados.

Você talvez queira também investir em um pente para tirar pulgas, sobretudo se o seu gato costuma ir às ruas. Esses pentes são parecidos aos de metal, mas têm dentes finíssimos e bem próximos um do outro. Eles podem ser usados para os cuidados regulares com o pêlo, como “retoque” depois da escova ou do pente de metal. Há luvas especiais que você pode usar, que cobrem toda a mão e lhe permitem trabalhar em uma superfície maior enquanto cuida do bichano.

Dicas para cuidar da aparência do gato em casa

Transforme o momento em pura diversão – a maioria dos gatos adora ser acariciada e gosta da sensação de cuidados leves com o pelo. É um ótimo comportamento social – gatos que se dão bem uns com os outros ficam cuidando do pelo alheio por longos períodos de tempo. Quando for hora de cuidar da aparência do bichano, aproxime-se dele calmamente, e intercale as escovadelas no pelo com carinhos regulares.

Cautela – é bom limitar os movimentos do gato (com cuidado) desde que ele não comece a entrar em pânico, mas lembre-se de se proteger também. Não tente forçar o gato a sentar-se imóvel ou ficar em posição desconfortável por muito tempo. E tome cuidado para não exagerar na intensidade das escovadas. Pense que você não gosta que puxem seu cabelo, então imagine a sensação de puxarem seu cabelo em todo o corpo.

Saiba a hora de parar – talvez não seja possível cuidar do pelo todo do gato em apenas uma sessão. Isso é normal. Se você cuidar do dorso e da cauda e, depois, ele começar a se irritar, desista e tente terminar um ou dois dias depois. É melhor ter meia dúzia de sessões de cinco minutos na semana e um gato contente do que uma batalha de 25 minutos e um gato que corre e se esconde ao ver a escova.

Procure ajuda profissional – se o pelo do gato estiver embaraçado ou com nós – ou se alguma coisa desagradável prendeu-se ao pelo – entre em contato com o veterinário ou outro profissional especializado. Se o gato não cooperar com os cuidados feitos em casa, marque um horário com um profissional. Aproveite a visita, peça algumas dicas e uma demonstração de técnicas básicas. Esses profissionais gostam de ensinar aos clientes; não há nada mais irritante para eles do que ter de raspar o pelo do animal constantemente ou lidar com nós e pelo embaraçado. O gato sofre e há maior probabilidade de o profissional sofrer arranhões ou mordidas.

Bem pessoal, semana que vem damos continuidade a sessão de dicas e cuidados com nossos bichanos!

Lambidas e até a próxima!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: